Em entrevista ao Jornal Nacional, o ministro da Transparência, Torquato Lorena Jardim, (https://globoplay.globo.com/v/5328447/), ressaltou que os problemas de má gestão dos recursos públicos vão além da má fé dos gestores. Grande parte deles não foram capacitados para “serem gerentes”, para administrar recursos públicos. E precisam ser educados para que saibam como executar suas atividades com eficiência, dentro da lei.
 
Nesse sentido, buscando corresponder de forma mais adequada às demandas da sociedade, vários órgãos públicos passaram a qualificar, capacitar e aperfeiçoar seus servidores, inclusive normatizando o assunto, com o objetivo de formar quadros mais eficientes.
 
Seguindo essa tendência, o Instituto Escola Protege Brasil vem trabalhando na capacitação dos agentes públicos e colaborando com o desenvolvimento de uma cultura organizacional sistêmica e integrada dos órgãos. Ações de treinamento podem proporcionar aos servidores qualidade e competência técnica para melhor executarem suas tarefas, enfatizando os desempenhos individual e coletivo e promovendo o desenvolvimento humano, funcional e institucional.